Arquivo da tag: Síndrome do Pânico

SERÁ QUE TEM GLAMOUR NA MORTE?!

Padrão

Mulher loura ( EM DESENHO )

Certas coisas não acontecem com a gente. Só acontece com a tia da prima da amiga da vizinha.

Mas quem em sã consciência é capaz de admitir e contar o que acontece no mais íntimo do seu lado B?

Bom, aí vou eu:

Comecei a sentir palpitações de vez em quando e uma certa sensação de ansiedade uma angústia como se algo ruim fosse acontecer. Só que tive palpitações por 3 dias seguidos, insônia, agitação e medo. Medo de ter um treco, de morrer.

E foi assim que fui parar no P.S. do HCor. Deitada na maca, sentindo as pontas dos dedos da mão esquerda formigar. Um enfermeiro usando um óculos esquisito me pede pra levantar a blusa pra fazer o eletrocardiograma.

Me dou conta de que na correria não vesti o sutiã.

Levantei a blusa, olhei pro canto da sala e sentado  na cadeira, meu namorado olhando a cena com censura (“Cadê seu sutiã?”).

Pior que isso: meu seio esquerdo nu, o mamilo apontando o teto… e quantos eletrodos!

Fim do exame, hora da verdade.

– O que tenho Doutor?

– Na verdade, no coração, NADA!

– Mas e os sintomas? Meu quase enfarte onde foi parar?

– Ansiedade, você está muito agitada. precisa descansar, fazer exercícios, procurar um psiquiatra…

– Oi?!

– Síndrome do Pânico, prazer.

Assim vou saindo meio sem jeito em direção ao elevador. reencontro o enfermeiro de óculos esquisitos empurrando uma cadeira de rodas. Pro meu desespero ele acena, sorri e me deseja melhoras.

Na porta do hospital meu namorado diz: – Viu, você não tem nada, tá ótima. Só veio pagar peitinho pro enfermeiro. Mas só uma dúvida, por que não colocou sutiã?

É que na correria, no auge do mal estar, o sutiã incomodava por causa das palpitações.

Porque na morte não há pudor e nem glamour.

Tati Felix